"Que bobice é essa aí?" - irmã Luana | "Ai, misercórdia" - irmão Antônio | "Deve ser muita falta do que fazer pra criar algo assim" irmã Kátia | "Até que é legal" irmão Júnior

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Conversa de Biruta #2: OS LEVITA


O "Conversa de Biruta" surgiu da ideia de imaginar como o pessoal que não está habituado com o meio crente, evangélico, cristão, etc... vê nossos papos de vez em quando...
Eu particularmente acho alguns nomes meio descontextualizados (e alguns bem bregas), e aí abre espaço para discussões xaropes. Como essa da tirinha, por exemplo. Sempre tem um irmão espiritual al al que gosta de questionar o nome Levita. Na verdade, não sei quem inventou de chamar músico de igreja de levita... Sempre tem um que dá uma lição e manda você ler o Pentateuco de novo para explicar todas as enézimas funções do ser levita. Por que não chamar de músico mesmo? Aí o guitarrista fica livre da obrigação de limpar todos os bancos da igreja com cotonete e ajudar o sacerdote fazer sacrifícios... EPA, nem tem mais sacrifícios com animais! hahaha... Aliás, acho que o guitarrista, baixista, violonista, contrabaldista podem e até muitas vezes devem ajudar a limpar a igreja, mantê-la organizada, etc... sempre é um prazer trabalhar na igreja. Mas sério, usar o argumento que o cara que é levita porque toca tem que fazer isso, sei lá... eu acho chato demais e descontextualizado.


Comentários
6 Comentários

6 comentários:

lardocelar disse...

Levita meu irmão por conta da tribo de Levi, e levitas não são apenas músicos mas todos que cooperam para obra na igreja.

Casa de Oração Guaianases disse...

Marcelo Bittencourt

Olá Cavaleiro Jedi
Na verdade, desde que eu me identifique, posso dar minha opinião, assim diz a Constituição, então mesmo você tendo mais razão que eu...
Gosto das tirinhas, elas trazem alumas verdades interessantes, mas, quanto a levita, cantores e musicos de fato não são levitas.
A Igreja atual tem mania de renomear as funções, os dons e tudo o que lhe interessa acreditando que estão certos - e eles sim são mais crentes que nós dois juntos - passam aos demais atestado de idiotas.
Ora, se eu canto, em bom português, sou cantora - sendo amadora ou não - se eu manuseio um instrumento musical, sou instrumentista (vilinista,guitarrista,etc) se prego o evangelho sou pregadora (amadora ou não) e, desde já não sou espiritual al al, mas devemos sim usar as nomeclaturas de forma correta. Sabe o motivo desta galera levar adiante esta de chamar quem canta de levita? Culpa nossa de repetirmos as definições que eles se dão, na verdade eles se julgam sim mais especias que nós e usam estes títulos todos apenas para endeusamento.
Eu acredito que a Igreja deve se manter pura enquanto Corpo de Cristo, sem modismo, sem endeusamento humano e, ainda mais. Deve procurar aprender pensar sozinha e esclarecer sim que fazer determinados serviços na Igreja não vai mutilar os músicos e musicistas da Casa do Senhor.
Algumas pessoas questionam certos levitas simplesmente porque eles não vivem o que declaram em suas canções. Nem mesmo o tal "quero ouvir Tua voz", já que nao tem o hábito da Leitura - por isto alguns citam Shakespeare dizendo citar o apóstolo Paulo e, nem se quer o hábito da oração - chegam depois da oração inicial e se retiram do Templo no momento da Palavra.
Alguns usam descontetextualizar a Palavra? Os espirituais (al al al - gostei disto!) e os levitas também, cada um a seu próprio propósito, esquecendo que Pedro ensinou que a Palavra não é para pessoal interpretação.
O Evangelho entrou nesta de virar salada mista justamente por causa dos "entendimentos" pessoais e a total fuga da Palavra.
Fazer cumprir o Ide é levar o Evangelho (Boas Novas) sem vícios e sem modernidades fora do real propósito do Senhor. Transformar experiências pessoais em normas de Fé e Culto é imitar os religiosos judeus da época de nosso Senhor Jesus e, se torna-se aceitável é porque eu e as outras pessoas lemos esta tirinha e vemos os escândalos envolvendo o nome de Jesus e sua Obra Salvadora e nada fazemos.
Eu fiz, coloquei a boca no trombone aqui...Quem sabe alguém me escuta.
Elisabeth Lorena Alves

MarceloBittencourt disse...

Isso aí, Elisabeth. Concordo com o que escreveu. Deus nos deu inteligência para fazermos bom uso e adequado. Obrigado pela edificante palavra que colocou.

Abraços.

MarceloBittencourt disse...

A propósito, ao primeiro comentário, eu não disse que ia ter um irmão me mandando ler o Pentateuco para entender o siginficaaaaaado da palavra levita? auhauhuhauha... ótemo!

Elisabeth Lorena Alves disse...

Marcelo meu irmão, cadê tu?

MarceloBittencourt disse...

Pessoal, por conta de tempo, estamos atualizando novas tirinhas mais no https://www.facebook.com/eusoumaiscrentequevoce

segue a gente lá :)